Tratamento de ginecomastia

Cirurgia plástica

A ginecomastia corresponde ao aumento do tecido glandular mamário no homem, podendo ser acompanhada de acúmulo de gordura e flacidez cutânea. Pode resultar de desequilíbrios hormonais característicos de algumas fases da vida como a puberdade e a senilidade. Outros casos são devidos a patologias endócrinas ou sistêmicas e uso de algumas medicações, porém na maioria das vezes não se identifica uma causa específica (idiopática).

O tratamento cirúrgico inclui a ressecção do tecido glandular hipertrófico, associada a lipoaspiração e ressecção cutânea quando indicadas. Em geral, uma pequena incisão abaixo da aréola é suficiente para a realização do procedimento. Nos casos com graus mais avançados de flacidez cutânea outros tipos de incisões serão necessários.